Brasil New Life
IMPORTANTE! Antes de começar a utilizar o fórum, esteja ciente das regras de convivência! Acesse pelo menu ou pelo atalho do portal.

Olá, você está conectado ao fórum do servidor de SA-MP Brasil New Life! Seja bem-vindo.
Você é novo no servidor? Leia o FAQ do fórum se tiver dúvidas sobre mecanismos e faça já sua conta clicando em Registrar-se e seguindo as instruções.
Os atalhos do portal poderão te ajudar:
- Painel do Usuário: Aqui estão atalhos das principais informações de seu perfil e das que você pode editar.
- IPs de Acesso: Mostra o IP do servidor no SA-MP e no Team Speak 2. Além disso, você pode clicar a qualquer momento em um dos dois para baixa-lo, caso não tenha.
- Tudo o Que Você Precisa Saber: Questões básicas sobre o SAMP, perguntas frequentes do servidor e uma lista de tutoriais se encontra aqui. Recomendado passar aqui antes de tudo.
- Regras do Servidor: Muito importante, leia bem para não ser punido por descuido.
- Downloads: Você quer mods para deixar seu GTA ainda mais fascinante? Ou então está precisando daquele programa para fazer o jogo funcionar sem CD? Ou ainda, não tem acesso ao jogo e quer baixa-lo completo? Está tudo reunido aqui.


Já é da casa? Clique em Login e coloque seu Nome de Usuário e Senha corretamente!
Você também pode clicar logo aqui em baixo em "Não Exibir Mais" para esse pop-up não aparecer quando você entrar.

[Ajuda] Texto (Segurança) de Luis Fernando Verissimo [Artes]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ajuda] Texto (Segurança) de Luis Fernando Verissimo [Artes]

Mensagem por Paulo_Adriel em Ter Maio 08, 2012 3:51 pm

Trabalhando com texto.
Leia o conto a seguir.


Segurança

O ponto de venda mais forte do condomínio era a sua segurança.
Havia as belas casas, os jardins, os playgrounds, as piscinas, mas havia, acima de tudo, segurança.
Toda a área cercada por um muro alto. Havia um portão principal com muitos guardas que controlavam tupo por um circuito fechado de TV. Só entravam no condomínio os proprietários e visitantes devidamente identificados e crachados.
Mas os assaltos começaram assim mesmo. Ladrões pulavam os muros e assaltavam as casas.
Os condôminos decidiram colocar torres com guardas ao longo do muro alto.
Nos quatro lados. As inspeções tornaram-se mais rigorosas no portão de entrada. Agora não só os visitantes eram obrigados a usar crachá.
Os proprietários e seus familiares também. Não passava ninguém pelo portão sem se identificas para a guarda. Nem as babás. Nem os bebês.
Mas os assaltos continuaram.
Decidiram eletrificar os muros.
Houve protestos, mas no fim todos concordaram. O mais importante era a segurança. Quem tocasse no fio de alta tensão em cima do muro morreria eletrocutado. Se não morresse, atrairia para o local um batalhão de guardas com ordens de atirar para matar.
Mas os assaltos continuaram.
Foi feito um apelo para que as pessoas saíssem de casa no minimo possível.
Dois assaltantes tinham entrado no condomínio do banco de trás do carro de um proprietário, com um revólver apontado para sua nuca. Assaltaram a casa, depois saíram no carro roubado, com crachás roubados. Além do controle das entradas, passou a ser feiro um rigoroso controle das saídas.
Para sair, só com um exame demorado do crachá e com autorização expressa da guarda, que não queria conversa nem aceitava suborno.
Mas os assaltos continuaram.
Foi reforçada a guarda. Construíram uma terceira cerca. As famílias de mais posses, com mais coisas para serem roubadas, mudaram-se para uma chamada área de segurança máxima. E foi tomada uma medida extrema.
Ninguém pode entrar no condomínio. Ninguém. Visitas, só num local predeterminado pela guarda, sob sua severa vigilância e por curtos períodos.
E ninguém pode sair.
Agora, a segurança é completa.
Não tem havido mais assaltos.
Ninguém precisa tremer pelo seu patrimônio. Os ladrões que passam pela calçada só conseguem espiar através do grand portão de ferro e talvez avistar um ou outro condômino agarrado às grades da sua casa, olhando melancolicamente para rua.
Mas surgiu outro problema.
As tentativas de fuga. E há motins constantes de condôminos que tentam de qualquer maneira atingir a liberdade.
A guarda tem sido obrigada a agir com energia.

Luis Fernando Verissimo. Comédias para se ler na escola. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.



Por dentro do texto:

1. Apesar de todas as providências que tomaram, os condôminos conseguiram tranquilidade ?
________________________________________________________________________________

2. Ao final do conto no que se transformou o condomínio de luxo?
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3. Atualmente, o homem vem avançado rapidamente no que diz respeito ao desenvolvimento tecnológico. Na sua opinião a utilização apenas desses recursos, como câmeras de segurança e cercas elétricas, é o suficiente para resolver os problemas sociais?
__________________________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________________________

4. No Conto, os condôminos tiveram atitudes que poderiam transformar a situação de violência em que viviam?
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

5. Que atitudes você acha que são necessárias para transformar a realidade e obter a paz?
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

Paulo_Adriel
Aprendiz
Aprendiz

Premiação : : 0 : 0 : 0
Nick no BNL : Paulo_Adriel
Telefone no BNL : 571169
Nível : 4
Profissão : Civil
Mensagens : 36
Reputação : 0
Idade : 20
Tolerância :
80 / 10080 / 100

Status : Ativado

http://mepergunte.com/pauloadriel96/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ajuda] Texto (Segurança) de Luis Fernando Verissimo [Artes]

Mensagem por aLN .-. S I N E P em Ter Maio 08, 2012 4:04 pm

cara, voce nao sabe ler ? Watching You ^^

pqp , só ler e responder cara , coisa facil

a 5 é pessoal

aLN .-. S I N E P
The Truth
The Truth

Premiação : : 8 : 0 : 0
Nick no BNL : Alan_Tessaro
Telefone no BNL : 1077
Nível : 30
Profissão : Marinha
Mensagens : 2506
Reputação : 73
Idade : 22
Tolerância :
100 / 100100 / 100

Permanente : 100%
Status : Ativado

http://ahatepegay@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ajuda] Texto (Segurança) de Luis Fernando Verissimo [Artes]

Mensagem por Helio_Neto em Ter Maio 08, 2012 5:37 pm

1- Não. Pois os moradores eram obrigados a viver desconfortavelmente.

2-Num presídio.

3-Não. Deve haver acompanhamentos de denuncias mais frequentes para obter a execução da fonte do crime.

4-Sim. Só que de uma forma equivocada.

5-Ditadura! kkkkk zoa.

Helio_Neto
Miguel Cortez
Miguel Cortez

Premiação : : 0 : 0 : 0
Nick no BNL : Helio_Neto
Telefone no BNL : 6969696969
Nível : 21
Profissão : Civil
Mensagens : 109
Reputação : 5
Idade : 24
Tolerância :
80 / 10080 / 100

Permanente : 100%
Status : Ativado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ajuda] Texto (Segurança) de Luis Fernando Verissimo [Artes]

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:49 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum